Breaking News
Loading...
8 de set de 2013

Ser o melhor no que faz não é um bicho de sete cabeçar basta sentir prazer no que faz e todo o resto te virá em bandejas de ouro.
( Gustavo Thayllon) 

Traçar metas por menor que seja sempre é um ponto indispensável  que você agradecerá a si mesmo após ter construído  alguns anos de carreira.

Inúmeras pessoas quando pensam em ingressar em um curso superior ou até mesmo cursos técnicos/profissionalizantes criam uma duvida e a colocam em um pedestal exorbitante,as quatro principais perguntas que surgem mediante a duvida de carreira e escolha de profissão são :  Qual curso devo fazer?, será que realmente eu gosto de fazer isso ?, será que tal curso me dará retorno financeiro?, já atuo em uma empresa entretanto não possuo qualificação será que devo seguir meus estudos na aréa em que estou atuando?

Essas são as questões que surgem divergentemente nas mentes, das pessoas antes de ingressar em um curso e ou escolherem a profissão que irão trabalhar em toda sua vida

Muitos optam em desvendar esses conflitos consultando uma psicologa especializada em testes vocacionais e escolha de carreira, entretanto isso gerá duvidas, será que realmente esse profissional saberá o que é melhor pra mim ? não duvidando da capacidade do psicologo nem de sua maneira de trabalho entretanto a resposta para tias conflitos está dentro de si mesmo você pode descobrir isso por si só você deve fazer uma analise de suas competências, de suas qualidades, e traçar um perfil profissional.

Dicas importantes para escolha de seu curo/ profissão , em primeiro plano pegue uma folha de papel em branco e vá anotando tudo que desejar,gosta de fazer com relação a profissão veja desde sua infância, as características as quais você possui por exemplo, gostar de cozinhar, brincar de dentista, gosta de tirar fotos, desenhar,cantar, tem características de líder, essas coisas podem influenciar fortemente na escolha e no psicológico .

Em segundo plano observe as profissões que você anotou naquela folha de papel anteriormente, e em seguida vá para o computador fazer uma pesquisa detalhada de cada curso, veja se não há discrepâncias as quais não te interessam, pesquise a grade curricular dos cursos, veja como está o mercado de trabalho: se está saturado ou insaturado, pesquise os salários iniciais, e posteriormente grife as que mais te interessaram naquela folha de papel.

 Após ter feitos os passos anteriores veja os cursos que mais te atendem, os cursos que mais combinem com você ou seja você deve escolher uma profissão em que você se vê realizando, em que você se vê realizada em executar, sente prazer em desenvolver aquelas atividades.

Muitos profissionais escolhem suas profissões pensando no retorno financeiro a longo prazo, infelizmente estes profissionais são equivocados e  acabam frustrados, pois mesmo depois de formar não conseguem um posto no mercado devido a sua incompetência e ou estresse pois uma pessoa que não gosta do que faz se estressa e se torna incapaz e a vontade que era ter retorno financeiro se tornou uma pedra no caminho profissional, o melhor á se fazer é fazer o que realmente gosta mesmo que tal profissão não te dê o retorno financeiro almejado.

Existem 5 fatores de destaque que o profissional realizado possui, a primeira delas é inovação, o profissional realizado realiza tudo com agilidade alegria e sempre terá vontade de criar e inovar para que seu meio empresarial cressa.

 Sucessivamente entra em foco a estrategia de competência o profissional motivado e realizado terá competências de liderar pessoas, com excelência em gestão ,usando de estrategias e projetos para traçar uma linha de produtividade que satisfará a empresa

E a ultima e não mais importante é a liderança de pessoas, o profissional que se destaca acarreta consigo responsabilidades, ele chamará a atenção para si, e com isso seu gestor verá que és competente e te dará cargos de gerência pois verá que realmente possui talento e que vestirá a camisa da empresa e colaborará com o própio sangue se for preciso.

É  de fundamental importância fazer o que realmente gosta de se fazer pois com isso você se tornará destaque no que faz com inovação,criatividade,estrategia de competências,motivação e liderança.

Ser o melhor no que faz não é um bicho de sete cabeçar basta sentir prazer no que faz e todo o resto te virá em bandejas de ouro.

0 comentários:

Postar um comentário